EXU ou o que mãe Chiquinha ouviu …

Exu134

Antes de ser vendida, mãe Chiquinha, conta que os negros bocais fizeram uma homenagem ao primeiro. Ao Exu. Fizeram um altar no único caminho para a senzala.

Ali antes de entrarem, todos, querendo ou não, pediam licença para o orixá.

E a vida foi.

Até que um primo do dono, futuro padre, veio abençoar a negrada

Não pediu licença.

Não deu nenhuma oferenda.

Apenas chutou o atar.

— Num e coisa de Deus!!

Veio, não abençoou, mas se encantou com os negros.

Aquilo dele nunca mais saiu.

Padre formado, foi para uma vila. Ali levou dois negros fortes que refrescavam o seu corpo das febres da lida com a paróquia.

Foi assim até que ventilou no povoado.

Um tufão passou e mostrou como o santo padre vivia.

Foi expulso dali debaixo de uma corça brava.

 

Anúncios

Um comentário sobre “EXU ou o que mãe Chiquinha ouviu …

Por gentileza: comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s